sábado, 20 de abril de 2024

CARDÁPIO SOCIAL

 


NOSSAS PÁGINAS SOCIAIS 


📌ESTATÍSTICAS
https://www.redemptionproject.news/2024/04/estatisticas.html


📌PUZZLE
https://www.redemptionproject.news/2024/02/puzzle.html


📌IDÉIAS & IDÉIAS
https://www.redemptionproject.news/2023/06/ideias-ideias.html


📌PREVISÕES DO TEMPO
https://www.redemptionproject.news/2023/11/previsoes-do-tempo.html


📌DIA DA BANDEIRA DO BRASIL
https://www.redemptionproject.news/2023/11/dia-da-bandeira-do-brasil.html


📌NOSSA MENSAGEM DE NATAL E BOAS FESTAS 
https://www.redemptionproject.news/2023/12/nossa-mensagem-de-natal-e-boas-festas.html


📌FELIZ ANO NOVO!! 2024
https://www.redemptionproject.news/2023/12/feliz-ano-novo.html


📌FELIZ 2024
https://www.redemptionproject.news/2023/12/feliz-2024.html


📌HOMENAGEM A MUSA DA MÚSICA
https://www.redemptionproject.news/2023/12/homenagem-musa-da-musica.html


📌PEDIDO AOS VISITANTES
https://www.redemptionproject.news/2023/10/aos-visitantes.html 


📌O PAÍS MAIS RICO DO MUNDO É UMA ILHA - COMO É O SINGAPURA? - Estevam Pelo Mundo
https://www.youtube.com/watch?v=zkCcOGJQWto&t=88s


📌ALGUMAS REGRAS BRASILEIRAS
https://www.redemptionproject.news/2023/09/algumas-regras-brasileiras.html


📌UMA CIDADE FANTASMA
https://www.redemptionproject.news/2024/02/uma-cidade-fantasma.html


📌NEM SÓ DE NOTICIAS RUINS VIVE O MUNDO
https://www.redemptionproject.news/2024/01/so-noticias-boas.html


📌FRASES PATRICIA GEBRIM
https://www.redemptionproject.news/2023/10/frases-patricia-gebrim.html


📌CONHEÇA O MUNDO PELOS VÍDEOS
https://www.redemptionproject.news/2023/08/conheca-o-mundo-pelos-videos.html


📌CAPACITISMO
https://www.redemptionproject.news/2024/01/capacitismo.html


📌CAPACITISMO - PARTE 02
https://www.redemptionproject.news/2024/01/capacitismo-parte-02.html


📌EMOJIS E EMOTIONS
https://www.redemptionproject.news/2023/11/emojis-e-emotions.html


📌REDES SOCIAIS
https://www.redemptionproject.news/2024/01/redes-sociais.html


🧡UBUNTU - UMA HISTORIA ANTIGA MAS VERDADEIRA
https://www.redemptionproject.news/2023/01/ubuntu.html


💙TOLERÂNCIA
https://www.redemptionproject.news/2023/11/tolerancia.html


💜PAZ E SERENIDADE
https://www.redemptionproject.news/2023/11/paz-e-serenidade.html


🩷RESPEITO
https://www.redemptionproject.news/2023/11/respeito.html


🧡RESPONSABILIDADE
https://www.redemptionproject.news/2023/11/responsabilidade.html


💚LIBERDADE
https://www.redemptionproject.news/2023/11/liberdade.html


💙COOPERAÇÃO
https://www.redemptionproject.news/2023/11/cooperacao.html


💖AMOR
https://www.redemptionproject.news/2023/11/amor.html


💚HONESTIDADE
https://www.redemptionproject.news/2023/11/honestidade.html


🩷HUMILDADE
https://www.redemptionproject.news/2023/11/humildade.html 


🧡A UNIÃO FAZ A FORÇA
https://www.redemptionproject.news/2023/11/a-uniao-faz-forca.html


📌 NUMEROLOGIA DO NOME
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numerologia-do-nome.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 1
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-1.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 2
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-2.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 3
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-3.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 4
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-4.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 5
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-5.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 6
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-6.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 7
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-7.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 8
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-8.html


📌 NÚMERO DE EXPRESSÃO 9
https://www.redemptionproject.news/2023/06/numero-de-expressao-9.html








PROJETO LOOKING GLASS - PARTE 03

 

Projeto Looking Glass: O Fim da Cabala do Estado Profundo (Cenário Um)

O Projeto Looking Glass usa uma combinação de coleta de dados quânticos, modelagem computacional quântica, inteligência artificial e técnicas avançadas de visualização para criar um modelo virtual do futuro. Este modelo está sendo constantemente atualizado com novos dados, permitindo-nos ver como diferentes escolhas e eventos podem afetar o resultado.

A ideia básica por trás do Projeto Looking Glass é que ele nos permite ver o futuro. Isto não é uma espécie de bola de cristal ou dispositivo de leitura da sorte, mas sim uma ferramenta científica que utilizaria tecnologia avançada para recolher dados do presente e projetá-los no futuro. Esta tecnologia permite-nos compreender melhor as consequências das nossas ações e tomar decisões mais informadas sobre o futuro.

O Projecto Looking Glass está a ser usado pela Aliança para conduzir a humanidade para uma era de prosperidade, rápido avanço tecnológico e abertura do contacto público com os nossos amigos ET. O objetivo é transformar a nossa civilização numa utopia espacial.

As informações a seguir são um dos muitos cenários previstos fornecidos pelo Projeto Looking Glass. O futuro não está gravado em pedra e, portanto, cada cenário fornecido pelo Projeto Looking Glass é apenas uma linha do tempo singular entre linhas do tempo infinitas. Observe também como isenção de responsabilidade que não podemos compartilhar os detalhes finitos fornecidos pelo Projeto Looking Glass ao público. Além disso, o Project Looking Glass fornece cenários em formato visual. Portanto, o que é partilhado aqui está a ser descrito em palavras e foi “reescrito” para nos protegermos e ao público de forças interferentes.

Durante décadas, um pequeno grupo de indivíduos poderosos e influentes tem manipulado acontecimentos globais, controlado governos e ditado o curso da história humana. Este grupo, conhecido como estado profundo, tem operado em segredo, utilizando os seus vastos recursos e redes para manter o seu poder. 

Mas agora, o tempo deles está chegando ao fim. Graças aos esforços de bravos denunciantes, jornalistas de investigação e cidadãos conscientes em todo o mundo, a verdade sobre as ações e a agenda do Estado profundo está a ser exposta lenta mas seguramente. As pessoas estão acordando para a realidade do seu controle e exigindo mudanças.

O domínio do Estado profundo sobre o mundo está a enfraquecer à medida que mais e mais pessoas rejeitam os seus sistemas e instituições corruptas. As suas mentiras e enganos estão a ser revelados e as suas ameaças e tácticas de intimidação já não são eficazes.

O poder do povo está a aumentar e as suas vozes estão a ser ouvidas. Os governos estão a ser responsabilizados e os líderes estão a ser expostos pelas suas ligações ao Estado profundo. O grande despertar está a espalhar-se e o estado profundo está a perder a sua capacidade de se esconder nas sombras.

À medida que a humanidade continua a unir-se e a levantar-se contra o controlo do Estado profundo, a sua influência continuará a diminuir. Os seus dias de manipulação dos acontecimentos mundiais e de supressão da verdade estão contados.

O fim da conspiração do Estado profundo trará uma nova era de liberdade, transparência e justiça. Será um momento de grande transformação, à medida que a humanidade recupera o seu poder e assume o controlo do seu próprio destino.

Devemos continuar a expor as ações do Estado profundo e recusar ser controlados pelas suas táticas de medo. Isto ajuda a Aliança e acelera o processo de erradicação deste tumor cancerígeno na nossa civilização. Juntos, podemos pôr fim ao seu reinado e criar um mundo melhor para as gerações futuras.


Envio recebido de fontes da Aliança.


VEJA A PÁGINA ANTERIOR


FONTE:
REDEMPTION NEWS






sexta-feira, 19 de abril de 2024

EXPANSÃO DO UNIVERSO

 


EXPANSÃO DO UNIVERSO PODE ESTAR DESACELERANDO

O DESI fez o maior mapa 3D do nosso Universo até hoje. A Terra está no centro desta fina fatia do mapa completo. Na seção ampliada, é fácil ver a estrutura subjacente da matéria em nosso Universo.

EXPANSÃO EM RITMO DECRESCENTE

Os primeiros resultados de um dos maiores esforços para tentar compreender a expansão do Universo trouxe resultados surpreendentes, mostrando que o motor dessa expansão, conhecido como energia escura, pode não se comportar exatamente como os cientistas pensavam.

As informações estão no primeiro conjunto de dados analisados pela equipe internacional - 900 pesquisadores de mais de 70 instituições ao redor do mundo - que coordena o instrumento DESI (sigla em inglês para Instrumento Espectroscópico da Energia Escura), instalado no Observatório Nacional Kitt Peak, no estado norte-americano do Arizona.

O instrumento está coletando luz das partes mais distantes do Universo, o que permite mapear o cosmos tal como era na sua juventude e traçar a sua evolução até ao que é observado hoje. A compreensão de como o Universo evoluiu está ligada à forma como ele poderá "acabar". Mas o interesse mais imediato se volta agora para um dos maiores mistérios da física: O que está por trás da observação de que a expansão do Universo está se acelerando?

A novidade é que, ao contrário do que propõe o modelo do Universo mais aceito hoje pelos cientistas, a energia escura pode variar no tempo: Os dados sugerem que a energia escura pode estar perdendo força, o que significa dizer que a expansão do Universo pode estar desacelerando. A conclusão tem uma significância que os físicos chamam de 3 sigmas, sendo que é necessário chegar a 5 sigmas para que um resultado seja taxado como uma "descoberta". 

Novo mapa 3D mostra que expansão do Universo pode estar desacelerando


Ilustração da luz de quasares passando por nuvens intergalácticas de gás hidrogênio. A análise dessa luz traz informações sobre a estrutura cósmica.

MODELOS DO UNIVERSO

O modelo do Universo mais aceito hoje é conhecido como Lambda-CDM, que inclui a matéria comum, um tipo de matéria desconhecido e que parece não interagir com nada, por isso chamada matéria escura fria (CDM: Cold Dark Matter), e a energia escura, conhecida como lambda. Tanto a matéria escura como a energia escura moldam a forma como o Universo se expande, mas de maneiras opostas: através da atração gravitacional, a matéria e a matéria escura retardam a expansão, enquanto a energia escura a acelera. A quantidade de cada uma influencia como o Universo evolui.

Mais recentemente, outros modelos têm ganho atenção devido à sua crescente capacidade de explicar os dados observacionais. Essas novas explicações incluem a teoria MOND, uma sigla em inglês para Dinâmica Newtoniana Modificada, e uma Teoria da Relatividade Modificada. 

"A gravidade une a matéria, de modo que, quando jogamos uma bola no ar, a gravidade da Terra a puxa para baixo em direção ao planeta," explica o professor Mustapha Ishak-Boushaki, da Universidade do Texas e membro da colaboração DESI. "Mas, nas escalas maiores, o Universo se comporta de maneira diferente. Ele está agindo como se houvesse algo repulsivo separando o Universo e acelerando sua expansão. Este é um grande mistério, e estamos investigando isso em várias frentes. É uma energia escura desconhecida no Universo, ou é uma modificação da teoria da gravidade de Albert Einstein em escalas cosmológicas?"

Novo mapa 3D mostra que expansão do Universo pode estar desacelerando


À medida que a luz de um quasar distante passa através do gás no espaço (imagem anterior), certos comprimentos de onda de luz são absorvidos. O traçado das linhas de absorção revela a "floresta Lyman-alfa" (enfatizada em marrom e verde) e fornece informações sobre as nuvens de gás entre nós e o quasar.

DESACELERAÇÃO DO UNIVERSO 

Quando os dados coletados pelo DESI durante este primeiro ano de funcionamento foram combinados com dados de outros observatórios, o que se vê são diferenças importantes em relação ao que o modelo Lambda-CDM prevê.

Nesse modelo, o comportamento da energia escura é descrito por uma "equação de estado", que descreve como a "pressão da energia escura" - sua força oposta à da gravidade - se relaciona com a sua densidade. E o modelo assume que essa equação de estado é constante ao longo do tempo. Os dados do DESI contestam isto, mostrando que a densidade da energia escura pode variar ao longo do tempo.

"Os nossos resultados mostram alguns desvios interessantes do modelo padrão do Universo que podem indicar que a energia escura está evoluindo ao longo do tempo," disse Ishak-Boushaki. "Quanto mais dados coletarmos, mais bem equipados estaremos para determinar se essa descoberta é válida. Com mais dados, poderemos identificar diferentes explicações para o resultado que observamos ou confirmá-lo. Se persistir, tal resultado lançará alguma luz sobre o que está causando a aceleração cósmica e representa um grande passo na compreensão da evolução do nosso Universo." 

Mais dados também melhorarão outros resultados iniciais do DESI, que avaliam a massa de partículas chamadas neutrinos e a constante de Hubble, uma medida da rapidez com que o Universo está se expandindo hoje, e que é alvo de um debate acalorado porque essa "constante" tem valores diferente dependendo do modo como é medida - esse debate hoje é conhecido como tensão de Hubble".

FONTE:








OURENO O GRAFENO DE OURO

 


Diferente do grafeno, no qual os átomos de carbono se organizam em formato de favo de mel, no oureno os átomos de ouro formam triângulos. 

OURENO O GRAFENO DE OURO

Finalmente cientistas conseguiram sintetizar uma folha de ouro com apenas um átomo de espessura, uma camada monoatômica do elemento ouro, assim como o grafeno é uma camada monoatômica do elemento carbono.

O novo material, que foi batizado de oureno - ou goldeno -, vem-se juntar a uma família enorme de materiais monoatômicos, ou materiais 3D, ou ainda materiais de van der Waals, que incluem siliceno, germaneno, plumbeno, estaneno, apenas para citar alguns. 

Isolar camadas monoatômicas de um elemento permite extrair dele comportamentos que não aparecem no elemento 3D, o que faz Shun Kashiwaya e seus colegas da Universidade de Linkoping, na Suécia, acreditarem que o ouro monoatômico poderá ser usado em aplicações como conversão de dióxido de carbono, produção de hidrogênio, produção de compostos químicos de alto valor agregado, incluindo medicamentos, e muito mais.

Por exemplo, a equipe já confirmou que, quando reduzido a uma camada atômica, o ouro não se comporta mais como um metal, mas como um semicondutor - o ouro mais fino fabricado até então se comportava como líquido.

Há muito tempo que se tenta fazer folhas de ouro com a espessura de um único átomo, mas as tentativas anteriores falharam devido à tendência do metal de se aglomerar, formando pepitas mesmo com apenas alguns poucos átomos. O feito foi possível graças a um método tradicional usado pelos ferreiros japoneses.


Oureno ou Goldeno: Criada uma camada monoatômica de ouro

O processo de síntese e extração do Oureno foi inspirada em uma técnica japonesa de forjaria.

FABRICAÇÃO DO OURENO  

Tudo começa com um material tridimensional, no qual o ouro é incorporado entre camadas de titânio e carbono.

"Nós criamos o material base com aplicações completamente diferentes em mente. Começamos com uma cerâmica eletricamente condutora, chamada carbeto de titânio e silício, onde o silício está em camadas finas. Então a ideia era recobrir o material com ouro para fazer um contato. Mas, quando expusemos o componente a altas temperaturas, a camada de silício foi substituída por ouro dentro do material base," contou o professor Lars Hultman.

Esse fenômeno é chamado de intercalação, e o que restou foi carbeto de ouro e titânio, um material já conhecido, mas que ninguém havia atinado de esfoliar para tentar extrair a camada de ouro que ficou intercalada.

Foi aí que Kashiwaya se lembrou de um método que tem sido usado na arte da forjaria japonesa há muito tempo, chamado de reagente de Murakami, que remove resíduos de carbono e muda a cor do aço na fabricação de facas. A receita dos ferreiros não funcionou diretamente, mas Kashiwaya insistiu, trabalhando na ideia por meses. 

"O que notamos foi que, quanto menor a concentração [do reagente de Murakami] e mais longo o processo de ataque, melhor. Mas ainda não foi suficiente," contou ele, acrescentando que faltava apagar as luzes: Tudo deve ser realizado no escuro porque o cianeto se desenvolve na reação ao ser atingido pela luz e dissolve o ouro.


OURENO OU GOLDENO: CRIADA UMA CAMADA MONOATÔMICA DE OURO 


MICROGRAFIA DAS FOLHAS DE OURENO
 


PENEIRANDO O OURO 

O último passo foi estabilizar as folhas de ouro. Para evitar que as folhas bidimensionais se enrolassem, foi adicionado um surfactante, uma espécie de sabão - neste caso, uma longa molécula que separa e estabiliza as folhas monoatômicas, ou seja, um tensoativo.

"As folhas de oureno ficam em uma solução, um pouco como flocos de milho no leite. Usando uma espécie de 'peneira', pudemos coletar o ouro e examiná-lo usando um microscópio eletrônico, para confirmar que tivemos sucesso," contou Kashiwaya. 

As propriedades inusitadas do oureno se devem ao fato de o ouro possuir duas ligações livres quando forma folhas bidimensionais. Graças a isto, as aplicações futuras poderão incluir a conversão de dióxido de carbono, catálise geradora de hidrogênio, produção seletiva de compostos químicos, produção de hidrogênio, purificação de água, comunicação e muito mais. Além disso, a quantidade de ouro utilizada nas aplicações atuais poderá ser muito reduzida.


Bibliografia:

Artigo: Synthesis of goldene comprising single-atom layer gold
Autores: Shun Kashiwaya, Yuchen Shi, Jun Lu, Davide G. Sangiovanni, Grzegorz Greczynski, Martin Magnuson, Mike Andersson, Johanna Rosen, Lars Hultman
Revista: Nature Synthesis
DOI: 10.1038/s44160-024-00518-4


FONTE: 

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA








LEVITAÇÃO MAGNÉTICA

 

A placa de grafite engenheirada flutuando livre acima dos ímãs permanentes, sem qualquer entrada externa de energia.

LEVITAÇÃO MAGNÉTICA PODERÁ VIABILIZAR TECNOLOGIAS ANTIGRAVITACIONAIS?

TECNOLOGIAS LIVRES DA GRAVIDADE

Trens que levitam usando eletroímãs supercondutores não são nenhuma novidade, mas recentemente as tecnologias de levitação têm-se expandido, de uma levitação magnética por rotação, diversas demonstrações de levitação acústica, até a levitação por luz.

Mas será que um dia teremos uma levitação que nos permita pensar em tecnologias antigravitacionais, como carros que dispensam rodas e aviões que não dependam de sustentação atmosférica?

É justamente com essa liberdade em relação à força da gravidade que Shilu Tian e colegas do Instituto de Ciência e Tecnologia de Okinawa, no Japão, estão acenando agora.

Tian projetou e construiu uma plataforma flutuante usando grafite e ímãs permanentes, dispensando supercondutores e eletroímãs. Ou seja, esta plataforma levitante opera sem depender de fontes de energia externas, mantendo os objetos suspensos em posição estável sem qualquer contato físico ou suporte mecânico. 

Por enquanto tudo só funciona em ambiente de vácuo, mas isso já é suficiente para viabilizar o desenvolvimento de sensores ultrassensíveis para medições altamente precisas e eficientes, criar gatos de Schrodinger massivos e até tentar estabelecer conexões entre a força da gravidade e a física quântica. Mais importante ainda, a demonstração permite sonhar com mais.

Levitação magnética poderá viabilizar tecnologias livres da gravidade?

(a) Ilustração das nanopartículas de grafite produzidas pela equipe. (b) Micrografia do compósito de grafite. (c) Ilustração do experimento visto na foto anterior.

LEVITAÇÃO LIVRE 

Quando um campo magnético externo é aplicado a materiais diamagnéticos, esses materiais geram um campo magnético na direção oposta, resultando numa força repulsiva - eles se afastam do campo, sendo repelidos pelo ímã. Assim, objetos feitos desses materiais podem flutuar acima de campos magnéticos fortes. Por exemplo, nos trens maglev, poderosos ímãs supercondutores criam um forte campo magnético, e materiais diamagnéticos permitem para alcançar a levitação, aparentemente desafiando a gravidade.

O grafite, a forma cristalina do carbono encontrada nos lápis, é altamente diamagnético, sendo fortemente repelido por ímãs. Os pesquisadores então revestiram quimicamente um pó de esferas microscópicas de grafite com sílica e misturaram esse pó revestido em cera. O material foi então prensado para formar uma placa fina, de um centímetro quadrado, que paira acima de ímãs dispostos em um padrão de grade. 

Esta plataforma aparentemente simples abre possibilidades interessantes para a fabricação de sensores ultrassensíveis e para se obter um controle preciso sobre plataformas oscilantes. Ao combinar levitação, isolamento do ambiente e feedback em tempo real, a demonstração amplia os limites do que é possível fazer na ciência dos materiais, na tecnologia dos sensores e nas tecnologias quânticas. Para se ter uma ideia, a plataforma permite pensar em miniaturizar os gigantescos sensores de ondas gravitacionais, que hoje ocupam laboratórios quilométricos, como o LIGO e o VIRGO.

"Se for suficientemente resfriada, nossa plataforma levitante poderá superar até mesmo os gravímetros atômicos mais sensíveis desenvolvidos até o momento. Esses são instrumentos de última geração que usam o comportamento dos átomos para medir com precisão a gravidade. Alcançar esse nível de precisão requer uma engenharia rigorosa para isolar a plataforma de perturbações externas, como vibrações, campos magnéticos e ruído elétrico. Nosso trabalho contínuo se concentra no refinamento desses sistemas para desbloquear todo o potencial desta tecnologia," disse o professor Jason Twamley, coordenador da equipe. 

Levitação magnética poderá viabilizar tecnologias livres da gravidade?


A matriz de ímãs permanentes é essencial para a levitação magnética operar sem qualquer força externa.

[Imagem: S. Tian et al. - 10.1063/5.0189219]

DESAFIOS DA LEVITAÇÃO 

Criar uma plataforma flutuante que não requeira alimentação externa apresenta vários desafios, sendo o maior fator limitante o chamado "amortecimento de parasitas", que ocorre quando um sistema oscilante perde energia ao longo do tempo devido a forças externas. Quando um condutor elétrico, como o grafite, passa por um campo magnético forte, ele sofre perda de energia devido ao fluxo de correntes elétricas. Essa perda de energia tem impedido o uso da levitação magnética para desenvolver sensores avançados. 

A equipe japonesa tinha como objetivo projetar uma plataforma que pudesse flutuar e oscilar sem perder energia, o que significa que, uma vez colocada em movimento, ela continuará oscilando por um longo período, mesmo sem entrada adicional de energia. Esse tipo de plataforma "sem atrito" pode ter muitas aplicações, incluindo novos tipos de sensores para medir força, aceleração e gravidade.

Tão logo se consiga diminuir o amortecimento de parasitas, contudo, já surge outro desafio: Minimizar a energia cinética da plataforma oscilante. Reduzir esse nível de energia é importante por duas razões: Primeiro, para tornar a plataforma mais sensível para uso como sensor; segundo, a redução do movimento equivale a um resfriamento, levando o sistema em direção ao regime onde predominam os efeitos quânticos, o que abre novas possibilidades para medições de precisão.

Portanto, para alcançar uma plataforma flutuante autossustentável e verdadeiramente sem atrito, tanto o amortecimento quanto os desafios de energia cinética precisavam ser resolvidos. 

Para conseguir isto, os pesquisadores se concentraram na melhoria do já interessante grafite. Ao alterá-lo quimicamente, eles transformaram o grafite em um isolante elétrico, o que interrompe as perdas de energia e ainda permite que o material levite no vácuo. Eles incluíram ainda um sistema de monitoramento contínuo do movimento da plataforma, usando essas informações em tempo real para gerar uma força magnética de feedback para amortecer o movimento da plataforma - essencialmente desacelerando seu movimento e resfriando-a significativamente.

"O calor causa movimento, mas monitorando continuamente e fornecendo feedback em tempo real ao sistema, na forma de ações corretivas, podemos diminuir esse movimento. O feedback ajusta a taxa de amortecimento do sistema, que é a rapidez com que ele perde energia, portanto, controlando ativamente o amortecimento nós reduzimos a energia cinética do sistema, efetivamente resfriando-o," explicou o professor Twamley. 

Bibliografia:

Artigo: Feedback cooling of an insulating high-Q diamagnetically levitated plate
Autores: Shilu Tian, K. Jadeja, D. Kim, A. Hodges, G. C. Hermosa, C. Cusicanqui, R. Lecamwasam, J. E. Downes, Jason Twamley
Revista: Applied Physics Letters
Vol.: 124, 124002
DOI: 10.1063/5.0189219


FONTE:

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA









MONOCICLO COM DUAS PERNAS

 

MONOCICLO COM DUAS PERNAS SERÁ IDEAL PARA FAZER ENTREGAS 

O robô foi inspirado no veículo que o General Grievous usa em Guerra nas Estrelas.

HÍBRIDO RODA PERNAS
Rodas e pernas têm suas vantagens, então por que não combinar as duas?

Kevin Gim e Joohyung Kim, da Universidade de Illinois, nos EUA, fizeram justamente isto, criando um monociclo robótico com duas pernas, que podem funcionar como apoio ou como pernas mesmo, fazendo o robô andar, em vez de "circular".

O mecanismo híbrido roda-pernas permite que o robô enfrente diversos terrenos, desde áreas urbanas até dentro de casa ou de um escritório. E a capacidade de manobrar em espaços estreitos significa que este projeto pode ser adaptado para a parte final das entregas, quando os caminhões e motos de entregadores têm dificuldade de se aproximar do destinatário final.

Os dois pesquisadores reconhecem que este não é o primeiro robô a usar um design com rodas e pernas, mas o Ringbot parece ser o primeiro desse tipo inspirado em monociclos. 

"As vantagens e desvantagens inerentes aos robôs com rodas e pernas motivaram os pesquisadores de robótica a se aprofundarem no projeto de robôs transformáveis com rodas e pernas para integrar os pontos fortes de ambos os tipos," disse Kim.

MONOCICLO COM DUAS PERNAS SERÁ IDEAL PARA FAZER ENTREGAS 


Diversos modos de atuação da motorização híbrida roda-pernas.

MONOCICLO COM PERNAS 

Ao contrário do uniciclo, no qual o piloto se senta acima do volante, o piloto do monociclo fica dentro do volante. Para os pilotos humanos, os monociclos representam muitos desafios: A roda geralmente está diretamente no centro da visão e pode ser difícil de virar o veículo e controlá-lo em velocidades mais baixas.

O design do Ringbot evita algumas dessas deficiências: A roda grande funciona como estrutura do corpo do próprio robô, enquanto as pernas integradas ajudam o monociclo a se equilibrar e evitar quedas. 

Os pesquisadores afirmam que observaram como as pessoas usam as pernas ao operar pequenos veículos de rodas e aplicaram isso à sua tecnologia: Cada uma das duas pernas do Ringbot é montada em um módulo de acionamento dentro da roda, e os módulos de acionamento são comparáveis a "dois hamsters em uma roda de hamster", dizem eles.
 

ASSISTIR NO YOUTUBE
Ringbot: Monocycle Robot with Legs

ROBÔ PARA ENTREGAS

Alguns o taxarão de futurístico, outros poderão preferir esquisito, mas a coisa funcionou tão bem que os pesquisadores estão ansiosos para testá-lo em entregas. "Nas grandes cidades, muitas bicicletas e motocicletas navegam no trânsito para atender às necessidades de entrega, graças à sua capacidade de manobrar em espaços estreitos," disse Kim. "Planejamos aprimorar os recursos do Ringbot especificamente para entregas de última milha em ambientes congestionados, com o objetivo de automatizar e otimizar os processos de entrega." 

Agora com financiamento da Hyundai, a dupla planeja para adicionar "braços" para que o robô possa segurar os pacotes dentro da roda, enquanto usa as pernas para se mover pelo chão. "Com esta melhoria, o Ringbot terá a capacidade de navegar rapidamente pelas estradas usando suas rodas enquanto atravessa escadas e terrenos acidentados usando suas pernas," disse Kim.

Bibliografia:

Artigo: Ringbot: Monocycle Robot With Legs
Autores: Kevin Genehyub Gim, Joohyung Kim
Revista: IEEE Transactions on Robotics
DOI: 10.1109/TRO.2024.3362326


FONTE:








PROJETO LOOKING GLASS - PARTE 02

 


ATUALIZAÇÃO DO ESPELHO DO PROJETO | 7 de abril de 2024

O Projeto Looking Glass usa uma combinação de coleta de dados quânticos, modelagem computacional quântica, inteligência artificial e técnicas avançadas de visualização para criar um modelo virtual do futuro. Este modelo está sendo constantemente atualizado com novos dados, permitindo-nos ver como diferentes escolhas e eventos podem afetar o resultado.

A ideia básica por trás do Projeto Looking Glass é que ele nos permite ver o futuro. Isto não é uma espécie de bola de cristal ou dispositivo de leitura da sorte, mas sim uma ferramenta científica que utilizaria tecnologia avançada para recolher dados do presente e projetá-los no futuro. Esta tecnologia permite-nos compreender melhor as consequências das nossas ações e tomar decisões mais informadas sobre o futuro.

O Projecto Looking Glass está a ser usado pela Aliança para conduzir a humanidade para uma era de prosperidade, rápido avanço tecnológico e abertura do contacto público com os nossos amigos ET. O objetivo é transformar a nossa civilização numa utopia espacial. 

As informações a seguir são um dos muitos cenários previstos fornecidos pelo Projeto Looking Glass. O futuro não está gravado em pedra e, portanto, cada cenário fornecido pelo Projeto Looking Glass é apenas uma linha do tempo singular entre linhas do tempo infinitas. 

Observe também como isenção de responsabilidade que não podemos compartilhar os detalhes finitos fornecidos pelo Projeto Looking Glass ao público. Além disso, o Project Looking Glass fornece cenários em formato visual. Portanto, o que é partilhado aqui está a ser descrito em palavras e foi “reescrito” para nos protegermos e ao público de forças interferentes.

<::><::><::><::><::><::><::><::><::>

RÚSSIA SEM VLADIMIR PUTIN 

Depois de mais de vinte anos no poder, o presidente russo Vladimir Putin é assassinado num ataque chocante em [data redigida] às [hora redigida]. O país mergulha num estado de caos à medida que a notícia da morte do presidente se espalha.

O ataque ocorreu durante um evento público em Moscou, onde Putin fazia um discurso. O agressor, que ainda não foi identificado, conseguiu escapar das rígidas medidas de segurança e chegar perto o suficiente de Putin para atirar nele à queima-roupa. O agressor foi então morto pela equipe de segurança de Putin, mas não antes de causar danos significativos.

À medida que a notícia do assassinato se espalha, o governo russo entra em confinamento e o estado de emergência é declarado. O Kremlin é fortemente vigiado pelo FSB e todos os voos de entrada e saída do país estão suspensos.

A primeira tarefa do governo russo é confirmar a morte do Presidente Putin e iniciar o processo de procura de um sucessor. A constituição estabelece que, em caso de morte do presidente, o primeiro-ministro assume como presidente interino até que uma nova eleição possa ser realizada. 

No caos e na incerteza, especula-se que o assassinato fez parte de uma conspiração política mais ampla. Alguns suspeitam que os adversários políticos de Putin estiveram envolvidos, enquanto outros acreditam que foi uma tentativa de um governo estrangeiro de desestabilizar a Rússia. Facções como a Legião da Liberdade da Rússia alegram-se ao ouvir a notícia e o ISIS assume a responsabilidade pelo ataque.

O país está em choque à medida que os acontecimentos se desenrolam e o povo lamenta a perda do seu líder. A forte liderança e o regime autoritário de Putin mantiveram a Rússia estável e poderosa, mas com a sua morte, o futuro do país torna-se incerto.

Nas semanas que se seguem, há intensas manobras políticas à medida que diferentes facções dentro do governo disputam o poder. Em última análise, o primeiro-ministro Dmitry Medvedev é escolhido como presidente interino até que uma nova eleição possa ser realizada. 

No entanto, com a morte de Putin, o país fica sem o seu líder dominante e existe um vazio de poder difícil de preencher. Protestos e manifestações irrompem por todo o país, com alguns a apelar a um novo governo e outros a prometer lealdade ao legado de Putin.

O assassinato de Putin é um ponto de viragem na história russa e no seu cenário político. O futuro do país é incerto e resta saber como os acontecimentos irão moldar o papel da Rússia na cena global.

<::><::><::><::><::><::><::><::><::> 

Observe também como isenção de responsabilidade que não podemos compartilhar os detalhes finitos fornecidos pelo Projeto Looking Glass ao público. Além disso, o Project Looking Glass fornece cenários em formato visual. Portanto, o que é partilhado aqui está a ser descrito em palavras e foi “reescrito” para nos protegermos e ao público de forças interferentes.

FONTE 

REDEMPTION NEWS









CARDÁPIO SOCIAL

  NOSSAS PÁGINAS SOCIAIS  📌ESTATÍSTICAS https://www.redemptionproject.news/2024/04/estatisticas.html 📌PUZZLE https://www.redemptionproject...