segunda-feira, 1 de janeiro de 2024

JARDIM VERTICAL

 


🌿O que é Jardim vertical e como fazer?

Você já pensou em fazer um jardim vertical na sua casa ou apartamento? 

Conheça esse elemento de decoração e entenda como construir o seu! 

O jardim vertical é uma maneira de trazer a natureza para espaços urbanos limitados. Assim, ele possibilita aumentar o verde em ambientes onde a superfície horizontal é reduzida. Contudo, esse elemento também pode ser utilizado com outros propósitos, pois é bastante versátil.

Afinal, os jardins verticais podem contribuir para melhorar a qualidade do ar e são componentes que acrescentam cor, textura e contraste visual a qualquer parede. Portanto, se você pretende deixar a sua casa ou apartamento ainda mais charmoso com elementos naturais, deve conhecer essa alternativa.

Quer entender como fazer um jardim vertical? Então continue a leitura para entender o que é e como criar o seu! 

🪴O que é um jardim vertical?

🪴Quais são os tipos de jardim vertical?

🪴Jardim vertical com vasos

🪴Jardim vertical com painéis

🪴Jardim vertical hidropônico

🪴Jardim vertical preservado

🪴Jardim vertical artificial

🪴Jardim vertical com treliças

🪴Jardim vertical em tecido

🪴Jardim vertical com parede viva

🪴Quais são os benefícios de um jardim vertical?

🌿Quais são as plantas mais indicadas para esse tipo de jardim?

🌿Samambaia

🌿Jiboia

🌿Lambari-roxo

🌿Hera

🌿Peperômia

🌿Hortaliças e ervas 


🌿Quais são as plantas que não se adaptam ao jardim vertical?

🌿Como fazer seu jardim vertical?

🌿Materiais

🌿Passo a passo

🌿O que é um jardim vertical?

Um jardim vertical, também conhecido como parede verde, é uma técnica de jardinagem que consiste em cultivar plantas em uma estrutura vertical. Ele é usado para decorar ambientes internos ou externos, como salas, escritórios, varandas gourmets e, até mesmo, quintais. Além disso, é possível aplicar o método em paredes, painéis, treliças ou paletes, por exemplo. Portanto, o jardim vertical pode ser construído a partir de uma variedade de materiais, incluindo estruturas metálicas, plástico, madeira e tecido. 

Nesse caso, podem ser utilizados vasos suspensos, prateleiras ou a própria estrutura para o cultivo das plantas. O jardim vertical também pode ser criado com plantas naturais ornamentais, como as trepadeiras e pendentes, e comestíveis, como as hortaliças. 

COMO FAZER HORTA EM CASA

Outra possibilidade é utilizar a vegetação natural preservada, que é aquela que passa por um processo químico que confere durabilidade às plantas. Também há as plantas artificiais, porém, essas não apresentam tanta beleza e os benefícios daquelas naturais.

🌿Quais São os Tipos de Jardim Vertical?

Como você viu, os jardins verticais podem ser aplicados em diversas possibilidades. Por essa razão, é preciso saber mais sobre cada uma delas a fim de decidir qual é a mais adequada para os seus objetivos. 


🌿Jardim Vertical com Vasos

Nessa opção, você pode fixar diversos vasos diretamente na parede, usando suportes ou ganchos. Essa é uma das possibilidades com menor custo e mais fáceis de fazer e manter. Por esse motivo, costuma ser a mais escolhida.

🌿Jardim Vertical com Painéis

Os painéis para jardim vertical são pré-fabricados com um substrato de fibra de coco, que é preso em uma estrutura de metal ou plástico. As plantas são inseridas nas bases, formando então uma parede toda verde.

🌿Jardim Vertical Hidropônico

A hidroponia é a técnica de cultivar vegetais em uma solução de nutrientes. ela permite plantar sem a presença de terra, o que pode ser especialmente interessante para quem deseja fazer uma manutenção mais espaçada.

🌿Jardim Vertical Preservado

O jardim vertical preservado apresenta um custo mais elevado, devido à técnica na qual as plantas são submetidas. Contudo, ele pode durar até 10 anos, mantendo sua aparência bonita e viçosa. Entre as vantagens dele está a baixa manutenção, já que não é necessário regar e adubar a folhagem. 

Por não precisar de luz natural, ele ainda se adapta muito bem aos ambientes internos que não têm incidência direta de luz do sol.

🌿Jardim Vertical Artificial

Outra opção para quem não deseja realizar manutenção frequente ou que não tem um local com as condições ideais para o desenvolvimento de plantas naturais é o jardim vertical artificial. Ele é composto por peças de plástico que imitam folhas e flores diversas. 

🌿Jardim Vertical com Treliças

A treliça é uma estrutura que pode ser feita em madeira ou metal, formada por diversas réguas que se cruzam. Esse tipo de jardim vertical consiste fixa o item na parede, para que as plantas possam crescer verticalmente, se prendendo a ele. Desse modo, ele é uma opção para plantas trepadeiras, como hera e jasmim.

🌿Jardim Vertical em Tecido

Mais uma possibilidade para fazer o jardim vertical consiste em um painel de tecido específico com várias bolsas para colocar o substrato e a planta. Basta fixá-lo na parede e realizar o cultivo da vegetação. Em pouco tempo, as espécies crescem, escondendo a estrutura e formando a parede verde. 

🌿Jardim Vertical com Parede Viva

Esse tipo de jardim vertical envolve o cultivo de plantas diretamente na parede, sem o uso de estruturas adicionais. É o caso de muros cobertos por uma espécie trepadeira, como era ou jiboia. Contudo, esse método é uma opção mais complexa de construir, mas que pode criar um efeito visual mais atrativo.

🌿Quais São os Benefícios de um Jardim Vertical?

Como você aprendeu, os jardins verticais são utilizados na decoração de ambientes internos e externos. Mais que enfeitar, as versões com plantas naturais podem ter outras funções e benefícios que valem a pena conhecer, como:

🌿1 - melhora da qualidade do ar: as plantas absorvem o dióxido de carbono e outros poluentes, melhorando a qualidade do ar ao seu redor;

🌿2 - redução de ruídos sonoros: a vegetação também pode ajudar a absorver o som, minimizando os ruídos em áreas urbanas movimentadas;

🌿3 - redução do consumo de energia elétrica: os jardins verticais podem ajudar a reduzir o consumo de energia, pois as plantas fornecem sombra natural e isolamento térmico. Isso reduz a necessidade do uso de ar-condicionado e ventiladores; 

🌿4 - fornecimento de alimentos: os jardins verticais também podem ser usados ​​para cultivar uma variedade de vegetais, incluindo ervas, frutas e hortaliças, fornecendo uma fonte de alimentos frescos e, até mesmo, orgânicos. 

🌿Quais São as Plantas Mais Indicadas Para Esse Tipo de Jardim?

Agora que você já sabe os tipos de jardins verticais e os benefícios deles, é o momento de descobrir quais são as plantas mais indicadas para essa técnica. Desse modo, você pode começar a pesquisar a vegetação mais adequada ao ambiente e à sua parede.

🌿Samambaia

Existem diversos tipos de samambaias, que apresentam formas diferentes de folhas. Enquanto umas apresentam folhagens mais longas, como a chorona, outras têm folhas mais bem desenhadas, como a renda portuguesa. 

Apesar dessas diferenças, a maioria das samambaias tem as mesmas exigências de água e luz. Logo, elas precisam de solo úmido, mas não encharcado, e muita iluminação natural indireta. Essas plantas gostam de ambientes claros, porém sem raios solares diretos em suas folhas.

🌿Jiboia

A jiboia é uma planta do tipo trepadeira, podendo se fixar em paredes e estruturas. Contudo, quando plantadas em vasos, elas ficam pendentes e com galhos bem longos. Elas não exigem muita manutenção, podendo ficar à meia-sombra e com regas mais espaçadas.

Isso significa que a jiboia só deve ser molhada quando a terra está seca. Entretanto, em épocas mais quentes, é importante perceber como está o viço das folhas para entender se é necessário acrescentar mais água ou não. 

🌿Lambari-roxo

O lambari-roxo tem uma cor exuberante, que varia do roxo-escuro a um tom mais avermelhado e vibrante. Essa variação da coloração depende da sua exposição solar — quanto mais raios de sol, mais forte e quente é o tom.

Ademais, a planta é muito resistente e exige muito pouco de seus cuidadores. No caso, os seus cuidados são semelhantes aos da jiboia.

🌿Hera

A hera é uma planta trepadeira que se adere facilmente à parede, com folhas verdes e brilhantes, que podem ter um tom mais escuro ou claro, dependendo de sua variedade. Quando plantada em vasos, ela se torna pendente e seus galhos podem ser muito longos.

Os seus cuidados são mais exigentes do que os da jiboia e do lambari-roxo. Isso porque ela pede regas frequentes, mas sem deixar o solo encharcado. Além disso, ela não tolera o sol direto em suas folhas, mesmo preferindo ambientes bem iluminados. 

🌿Peperômia

A peperômia é uma planta pendente, com folhas pequenas verde-claro e bordas cor de creme. Desse modo, ela acrescenta um colorido bonito ao jardim vertical. Em relação aos cuidados, é preciso protegê-la dos raios solares diretos, pois esse tipo de folhagem gosta de meia-sombra. 

Já as regas devem ser realizadas sempre que o substrato estiver seco. Para verificar essa questão, basta inserir um palito de churrasco no solo e verificar se está úmido ou seco.

🌿Hortaliças e Ervas

Uma das opções para fazer um jardim vertical é, na verdade, uma horta vertical. Por isso, é interessante conhecer essa possibilidade que permite ter vegetais frescos sempre que você quiser. 

De modo geral, as hortaliças e ervas, como alface, rúcula, cebolinha e salsinha, gostam de incidência de sol e água em abundância. Nesse caso, é fundamental colocá-las em um local bem iluminado e que receba sol direto em boa parte do dia.

🌿Quais São as Plantas Que Não Se Adaptam ao Jardim Vertical?

Além de conhecer as plantas indicadas para o jardim vertical, é importante saber quais são as espécies que não se adaptam a essa técnica de jardinagem. Dessa maneira, você poderá escolher melhor as plantas para a sua parede verde.

Na prática, as plantas contraindicadas para o jardim vertical são aquelas que não ficam pendentes, pois, geralmente, a estética não é agradável. Ainda, é preciso prestar atenção ao ambiente no qual a espécie será cultivada. 

Se a planta gosta de sol pleno, não é indicado utilizá-la em uma parede verde interna. Já se a espécie é de meia-sombra ou sombra, não é adequado plantá-la em local ensolarado. Caso tenha dúvidas sobre a planta, converse com um profissional que ajudará a identificar as melhores opções para as suas necessidades.

🌿Como Fazer Seu Jardim Vertical?

Ao longo deste artigo, você entendeu o que é o jardim vertical, quais são os seus benefícios e quais plantas é possível incluir nele. Agora, é o momento de descobrir como utilizar essa técnica do modo convencional, ou seja, com plantas naturais, para decorar os ambientes que você deseja.

A princípio, fazer um jardim vertical pode parecer um projeto complicado, mas com as ferramentas e materiais certos, pode ser mais fácil do que você imagina. 

Veja as etapas básicas para criar o seu próprio jardim vertical! 

Materiais

Para começar, é necessário reunir os materiais para fazer o jardim vertical, que costumam ser simples de encontrar e com preços bem acessíveis. A seguir, veja os insumos mais comuns para essa construção:

🌿estrutura de suporte (treliça, grade ou painel de metal, por exemplo);

🌿vasos para plantas, com furos para drenagem;

🌿substrato para plantas (terra e adubo);

🌿material de enchimento (musgo, feltro ou tecido permeável);

🌿ferramentas básicas, como tesoura, régua, lápis, parafusos e furadeira;

🌿grampos ou arames para fixar os vasos na treliça ou outra estrutura;

🌿plantas adequadas para jardim vertical (herbáceas, samambaias, suculentas, entre outras);

🌿nível de bolha para garantir que a estrutura esteja nivelada.

Passo a Passo

Com todos os materiais em mãos, é hora de fazer a sua parede verde. Para começar, escolha um local adequado para o seu jardim vertical, considerando a iluminação e a irrigação das plantas escolhidas. Em geral, o ideal é dar preferência a um local próximo a uma fonte de luz natural. 

Então, escolha a estrutura de suporte e meça a área em que ela será instalada. Feito isso, prepare a armação e parafuse na parede ou em algum suporte adequado. Mas antes é fundamental se certificar que a parede em que você deseja colocar a estrutura seja forte o suficiente para suportar o peso do jardim vertical, certo?

Se você escolheu plantar em vasos fixados em treliças, por exemplo, prenda a estrutura na parede com parafusos e buchas, usando um nível de bolha para garantir que o material esteja nivelado. 

Logo após, instale os vasos à treliça usando grampos ou arames, certificando-se de que eles estejam bem presos para evitar que caiam. Adapte esse processo para outras possibilidades, como uso de tecidos e outras estruturas.

O passo seguinte é adicionar as plantas escolhidas. Nesse sentido, pode ser interessante escolher plantas que sejam adequadas para jardim vertical, ou seja, que não cresçam muito e não precisem de muita água.

Regue as plantas, conferindo se o excesso de água escorreu para evitar o excesso na parte inferior dos vasos ou recipientes. Por fim, mantenha seu jardim vertical saudável, irrigando-o regularmente e adubando-o conforme necessário. 

GOSTOU da matéria que você leu? 

Deixe nos comentários o que achou.

FONTE:

JARDIM VERTICAL









Nenhum comentário:

Postar um comentário

A GRAFICA PERTINHO DE VOCÊ

  UMA GRÁFICA DE TIRAR O CHAPÉU!! TUDO PERTINHO DE VOCÊ. ESCOLHA SEU SERVIÇO AQUI https://ninki.com.br/cards/ninki.html O QUE FAZEMOS: SERVI...