segunda-feira, 25 de dezembro de 2023

CACHORROS DE RUA - PARTE 02

 


Se no momento você não tem recursos financeiros para pagar todos os tratamentos preventivos ou curativos que o cachorro necessita para manter uma boa saúde, e eles podem ser muito caros dependendo do que for necessário fazer, uma boa opção é fazer uma busca na Internet, usando navegadores e redes sociais, para encontrar hospitais veterinários populares. Neste artigo listamos mais vários veterinários gratuitos ou com preços acessíveis em diferentes estados e no Distrito Federal.

Caso esta opção não esteja disponível em sua cidade, você pode usar estes mesmos meios digitais para contatar associações, refúgios ou ONGs independentes perto de você. Desta forma, você pode solicitar ajuda e receber conselhos sobre as alternativas mais acessíveis para proporcionar o cuidado adequado ao cachorro de rua resgatado que você deseja adotar.

E para falar sobre os cuidados essenciais de um cachorro, aqui no PeritoAnimal você encontrará muitos conteúdos úteis para cuidar, educar e adestrar seu novo melhor amigo da melhor maneira.

Como ajudar um cachorro de rua se eu não puder adotá-lo?

Infelizmente, nem sempre temos tempo, espaço e recursos financeiros para manter um cachorro, especialmente se já dividimos nossa casa com outros animais e somos responsáveis pelo bem-estar deles. Assim, eventualmente, ajudar os cachorros de rua significará dar-lhes temporariamente o apoio necessário para encontrar o melhor tutor possível.

É importante destacar que abandonar ou maltratar animais é crime, segundo a Lei Federal nº 9.605 de 1998. Quem cometer esta ação pode ser multado e pegar até cinco anos de prisão. Ainda de acordo com a legislação de proteção animal brasileira, a pena pode ser aumentada de um sexto a um terço se ocorrer a morte do animal.

Alimentar Cachorro de Rua é Crime?

Não. Não é crime alimentar cachorros de rua. Houve bastante polêmica sobre o assunto especialmente no ano de 2020 em Santa Catarina, pois o governo havia, de fato, proibido esta ação. No entanto, logo em 2021 já foi aprovada uma nova lei permitindo os cuidados de animais de rua incluindo sua alimentação.

De qualquer maneira, os Centros de Controle de Zoonoses não recomendam que alimentemos animais de rua e reforçam: se não puder adotá-los, ligue para as autoridades responsáveis, como indicaremos na seção a seguir. 

Você também pode tomar a iniciativa de encontrar uma associação de proteção ou um protetor independente que trabalhará seriamente para encontrar um novo lar para o cachorro resgatado. Mais uma vez, a mídia digital pode ser sua grande aliada nesta busca.

Se você também não pode contar com a ajuda de abrigos, refúgios ou protetores independentes, a última alternativa seria encontrar você mesmo um novo lar e um novo tutor para o cachorro resgatado. E dizemos "por último", porque isto implica assumir uma grande responsabilidade, que deve ser feita por instituições e pessoas devidamente treinadas e com as ferramentas corretas para garantir uma adoção responsável.

Mas, se você tiver que assumir a responsabilidade por esta tarefa, lembre-se de estar muito consciente no momento de dar o cachorro para adoção, tentando saber se a pessoa que o solicita realmente tem os recursos e meios necessários para criá-lo em condições dignas.

Evite fazer a "doação" do cachorro em momentos festivos, como o Natal ou o Dia das Crianças, pois muitas pessoas continuam a oferecer animais erroneamente como presentes, e muitos deles acabam abandonados novamente nas ruas...

Aproveitamos para te encorajar a ler este artigo sobre como é o trabalho voluntário com animais.

O que posso fazer se não puder resgatar um cachorro de rua?

Como temos dito, resgatar um cachorro de rua, perdido ou um animal ferido nem sempre está ao alcance de todos. E eventualmente, devido ao medo ou à dor, o próprio cachorro não mostra uma atitude favorável à aproximação de estranhos, de modo que seu resgate se torna inviável para uma pessoa que não está devidamente treinada para esta função.

Isso não significa que não podemos fazer nada e devemos deixar o animal continuar nestas condições precárias, pois podemos recorrer a profissionais treinados neste tipo de salvamento. 

Neste ponto, a primeira coisa é fazer um esclarecimento muito importante: se você encontrar um cachorro de rua e não conseguir se aproximar ou resgatá-lo, não é aconselhável ligar diretamente para associações de proteção animal, um centro de resgate ou outra ONG dedicada à proteção dos animais.
Além do fato de que estas organizações e seus profissionais (muitos deles voluntários) estão frequentemente sobrecarregados, deve-se considerar que o abrigo onde o cachorro será entregue é geralmente determinado pelo local onde foi encontrado.

Assim, a melhor maneira de agir quando você encontra um cachorro de rua e que você não pode resgatar é entrar em contato com as autoridades competentes neste assunto, como o controle de zoonoses do seu estado. Você pode procurar delegacias ou, em caso de outros animais, você também entrar em contato com o Ibama, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Os contatos do Ibama estão na página do fale com o Ibama.

Algumas opções para fazer denúncias de maus-tratos, em âmbito nacional, são: 

Disque Denúncia:181

IBAMA (no caso de animais silvestres)
- Linha Verde: 0800 61 8080 // 

Polícia Militar:190

Quando você fizer sua chamada, lembre-se de permanecer calmo e explicar a situação da maneira mais clara e objetiva possível e dê o máximo de detalhes possíveis sobre onde o resgate deve ser feito.


O que posso fazer se não puder resgatar um cachorro de rua?

Outras formas de ajudar os cachorros de rua

Além do resgate e adoção, existem outras maneiras de ajudar os cachorros de rua e você pode colocar muitos delas em prática no seu dia-a-dia, com apenas um pouco do seu tempo. 

Reforçar a importância de evitar a superpopulação de cachorros de rua

A primeira e mais importante coisa que você pode fazer é ajudar a aumentar a consciência sobre a importância dos métodos de esterilização e castração no controle da superpopulação de cachorros de rua.

Além de tomar as medidas adequadas para evitar que seus animais gerem ninhadas não planejadas, você pode conversar com seus amigos, familiares e conhecidos, assim como usar as mídias sociais e outros canais digitais para compartilhar conteúdos relevantes sobre este assunto. Em 2020, o governo da Holanda anunciou que não existem mais cachorros de rua no país. Isso foi conseguido por meio de uma série ações adotadas pelo país nos últimos anos e que, felizmente, deram ótimos resultados. 

Você também pode usar essas mesmas estratégias para promover a adoção de cachorros abandonados que estão em canis ou abrigos, e conscientizar que a venda e compra de "animais de estimação", além de reforçar a ideia de que os animais podem ser tratados como mercadoria, incentiva práticas de exploração, especialmente de fêmeas usadas como simples reprodutoras, e muitos dos animais usados para gerar filhotes de cachorro ou descendentes que mais tarde serão oferecidos em lojas e através da Internet, são mantidos em condições insalubres, sofrem de déficits nutricionais e muitas vezes são vítimas de violência.

Participar como voluntário ou voluntária em ONGs e associações para a proteção animal

Bem, se você puder dispensar um pouco do seu tempo para se voluntariar em um abrigo, esta seria uma maneira maravilhosa de ajudar os cachorros de rua e muitos animais que estão esperando por uma nova chance em um novo lar.

Você não precisa ter conhecimentos específicos sobre adestramento, educação ou cuidados veterinários, pois existem diferentes tarefas simples que você pode fazer para ajudar estes animais resgatados das ruas a se sentirem um pouco melhor, tais como passar algum tempo na área de higiene e cuidado do pelo, ou simplesmente oferecer sua companhia. 

Nós te encorajamos a procurar o abrigo mais próximo de sua casa e conversar com os responsáveis para descobrir como você pode ajudá-los com seu trabalho voluntário.

Denunciar casos de abuso e maus-tratos de animais

Os maus-tratos, abandono e abuso físico, emocional ou sexual de animais de estimação já são considerados crimes na maioria dos países e no Brasil não é diferente. Há multas e a possibilidade de cumprir uma pena de prisão para quem prejudica os animais. Embora, infelizmente, poucas condenações se tornem eficazes e as penas ainda sejam muito "brandas" em comparação com os danos causados aos animais, é essencial que continuemos a denunciar casos de abuso e negligência que testemunhamos. O relato é necessário para que o cachorro (ou outro animal) possa ser resgatado das circunstâncias de maus-tratos, abuso ou negligência, e ter acesso às condições mínimas de bem-estar animal.

Muitos países já oferecem aos cidadãos linhas telefônicas gratuitas para denunciar abusos e maus-tratos contra animais, onde podem ser feitas denúncias anônimas. Da mesma forma, o mais aconselhável continuará sendo fazer a reclamação pessoalmente, indo às delegacias com o máximo de informações que pudermos fornecer sobre o animal abusado e seu abusador, bem como provas para provar os maus-tratos (fotos, vídeos e/ou depoimentos de outras pessoas).

Neste artigo dedicado exclusivamente aos maus-tratos de animais, contamos a todos sobre os tipos de abuso, suas causas e as diferentes alternativas para denunciar e combater todos os tipos de maus-tratos contra nossos melhores amigos.

Finalmente, lembre-se que estas são pequenas ações diárias que, feitas com dedicação e persistência, dia após dia, ano após ano, nos permitem promover grandes mudanças em nossa sociedade. Sua voz é importante e sua participação faz uma grande diferença. Estamos com você nesta honrosa missão de proteger, cuidar e ajudar os animais.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como ajudar os cachorros de rua?

Recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Como ajudar ONGs de animais?

Adotar um cachorro adulto - Conselhos e recomendações

Abandono de animais: o que é possível fazer 

Como saber a idade de um cachorro

Diferenças entre cachorro e cadela

Com que idade se pode separar os cachorros da mãe? 

Preparando a casa para a chegada do cachorro

 

FONTES:

PERITO ANIMAL

COMO AJUDAR CACHORROS DE RUA

VIDEO


CANAL DO PERITO ANIMAL - INSCREVA-SE

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O PERITO ANIMAL 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

A GRAFICA PERTINHO DE VOCÊ

  UMA GRÁFICA DE TIRAR O CHAPÉU!! TUDO PERTINHO DE VOCÊ. ESCOLHA SEU SERVIÇO AQUI https://ninki.com.br/cards/ninki.html O QUE FAZEMOS: SERVI...