segunda-feira, 29 de abril de 2024

JIM CAVIEZEL EM SOUND OF FREEDOM

 


Dia 4 de julho estreia Sound of Freedom, um filme de drama de ação norte-americano escrito e dirigido por Alejandro Monteverde.É estrelado por Jim Caviezel, Mira Sorvino e Bill Camp.  (Obs: estreou ano passado)

Na trama, Caviezel interpreta Tim Ballard, um ex-agente do governo que se tornou vigilante e embarca em uma perigosa missão para resgatar crianças de traficantes sexuais na Colômbia. 

Antes que você pergunte por que estou fazendo um artigo sobre isso, é preciso que saiba que há vários pontos interessantes sobre este filme. 

Só para começar, Jim Caviezel hoje é uma das estrelas que foi cancelada por Hollywood, por ter feito Jesus em "A Paixão de Cristo", dirigido por Mel Gibson, outro ator também cancelado pela indústria norte-americana do cinema. Tudo porque os dois são conservadores, cristãos e defensores da pátria e da família. 

Outro ponto controverso, é o personagem que Jim Caviezel interpreta, Tim Balard. O ex-agente que entrou em uma jornada por conta, para resgatar crianças submetidas ao tráfico sexual na Colômbia, é real. Ou seja, a história tem como base fatos e alguém que realmente existe.

Sem contar a parte mais controversa de todas. A droga chamada Adrenocromo, que muitos acham ser apenas mais uma teoria da conspiração, mas sobre a qual o próprio Jim Caviezel fala abertamente em uma entrevista sobre o filme.

Para que possa entender tudo, eu, Leonardo Born, escritor de ficção, mistério e adepto da teoria da conspiração, peço que me acompanhe durante este artigo.


SINOPSE DO FILME SOUND OF FREEDOM

Antes de qualquer coisa, vamos entender a história do filme. E nada melhor para isso do que saber a sinopse.

“Tim Ballard, um ex-agente, deixa seu emprego como agente especial da Homeland Security Investigations (HSI) para se tornar um vigilante e embarca em uma perigosa missão para resgatar crianças de cartéis e traficantes de pessoas na América Latina.” 

Aparentemente parece uma trama simples de mais um filme qualquer. Não fosse a polêmica que existe em torno de TIM Balard, que é uma pessoa real e quem o interpreta no filme: Jim Caviezel.


Para entender toda essa polêmica, vamos primeiro conhecer quem é Tim Balard.


AFINAL, QUEM É TIM BALARD?



Foto em plano americano do ex-agente do governo americano, Tim Ballard.

Timothy Ballard é o fundador e CEO da Operation Underground Railroad (OUR). Ele também atua como comandante da equipe de salto da OUR para operações de resgate. Ballard começou sua carreira na Agência Central de Inteligência a CIA, onde trabalhou em casos relacionados ao terrorismo e à América Latina. 

Ele passou mais de uma década trabalhando como agente especial do Departamento de Segurança Interna, onde foi designado para a Força-Tarefa de Crimes na Internet contra Crianças e destacado como agente secreto para a Equipe de Salto de Turismo Sexual Infantil dos EUA. Trabalhou em todos os tipos de casos imagináveis ​​na luta para desmantelar redes de tráfico de crianças.

Ballard trabalhou disfarçado nos Estados Unidos e em vários países estrangeiros para se infiltrar em organizações de tráfico de crianças. É um especialista em gerenciar investigações na Internet, especialmente aquelas que lidam com redes de compartilhamento de arquivos onde pedófilos e traficantes vão para o comércio de pornografia infantil. Também treinou centenas de policiais no país e no exterior nas melhores práticas para libertar crianças da escravidão sexual.

Tim Ballard, mesmo depois de desligado dos órgãos governamentais, fundou a Operation Underground Railroad (OUR), para justamente em conjunto com organizações de diversos governos, continuar a luta contra o tráfico sexual de crianças. 

A OUR é uma organização independente que em conjunto com organizações governamentais, tem como missão, lutar contra o tráfico sexual infantil e a exploração sexual em todo o mundo. 

Seus membros vão aos cantos mais sombrios do mundo, para ajudar as autoridades a resgatar crianças e garantir cuidados posteriores contínuos. Sempre fornecendo recursos essenciais para aplicação da lei e esforços preventivos que beneficiam crianças em situação de risco em todo o mundo. 

Enquanto trabalhava para o governo, Ballard viu o quanto mais é necessário na luta contra o tráfico e exploração infantil em todo o mundo. Foi quando, em 2013, ele e uma equipe de ex-funcionários do governo, deixaram a segurança de suas carreiras para realizar o trabalho de resgate de crianças como uma fundação privada - Operation Underground Railroad. 

Na OUR, Tim criou uma equipe que pode trabalhar em qualquer jurisdição e em conjunto com a aplicação da lei para resgatar crianças diretamente. Essa equipe existe hoje e opera em todo o mundo. 

PORQUE JIM CAVIEZEL?


Foto de busto de Jim Caviezel, vestindo roupas militares de selva, com barba e cabelo loiro.

Jim Caviezel é cristão, defensor da pátria e da família. E o mais importante: não se rendeu a podridão de Hollywood, como a maioria dos atores que vemos sempre em alta. Jim trabalha com propósito e usa sua habilidade como ator em prol do bem.

Muitos dizem que tanto Jim Caviezel, como Mel Gibson entre outros como, Cris Pratt e até o diretor Christopher Nolan, são Chapéus Brancos. Os Chapéus Brancos seria um grupo de pessoas, infiltradas em diversas grandes instituições privadas e de governos, que tem como objetivo, não só servir de informante, como desbaratar e criar ações voltadas para o bem comum, lutando contra o domínio oculto dos Globalistas ou Estado Profundo. 

Esses Chapéus brancos, trabalham para a Aliança da Terra, uma organização conjunta de diversos governos, que tem como objetivo a derrubada do sistema imposto às massas, por uma classe elitista composta por 13 famílias que detém a maior parte das riquezas do planeta, tendo assim o comando de diversos governos espalhados pelo mundo. 

Só esse seriam bons motivos para fazer parte deste filme que revela o que centenas de milhares de militares têm feito em todo o mundo. Resgatar crianças dos inúmeros túneis escondidos em diversas partes do planeta. A chamada Operação Storm.

Mas o motivo mesmo para ser Jim Caviezel o agente Tim Ballard foi o seguinte: 


Jim Cavizel em close de rosto, no papel de Jesus Cristo, com um manto sobre a cabeça, com cabelos e barba comprida

Tim Ballard solicitou pessoalmente que Jim Caviezel o retratasse no filme; os produtores ficaram surpresos com o pedido e tentaram convencê-lo a escolher um ator que mais se parecesse com ele. No entanto, Ballard foi firme, dizendo que foi afetado pelos papéis de Caviezel em A Paixão de Cristo e O Conde de Monte Cristo.

Caviezel, antes das filmagens do filme, passou vários dias acompanhando Tim Ballard e aprendendo sobre as operações da Operation Underground Railroad. Ele conta que conseguiu ir à América Latina e presenciar uma operação comandada pelo próprio Ballard. 

Jim Caviezel afirmou que este foi o segundo filme mais importante que ele já fez. Ele classifica isso por trás de seu papel como Jesus Cristo em 2004, A Paixão de Cristo.

Jim Caviezel fala sobre o Adrenocromo 

VÍDEO

https://www.facebook.com/watch/?v=7147883528561807


Jim Caviezel em uma entrevista ao falar sobre Sound of Freedom, fez críticas e denunciou a grande mídia por tentar encobrir a verdade sobre o adrenocromo e a extração de órgãos de crianças.

Jim disse que as tentativas dessa mídia de  tentar regular uma verificação de fatos , que todos sabem, abonam apenas um lado e de silenciar aqueles que desejam falar a verdade sobre o mal, não podem ser ignoradas.

“Eu estava disposto a me apresentar e falar com sinceridade sobre coisas como adrenocromo, extração de órgãos e fui severamente repreendido por grande parte da mídia e eles afirmam que seus verificadores de fatos sabiam mais. Mas eles não sabem como você sabe. Eu não estava mais sobrecarregado. Minha carreira, eu nunca colocaria na frente das crianças. 

Assistam ao filme Sound of Freedom, que representa  sua palavra contra esses mentirosos (a grande mídia). Fale a verdade para o povo americano.

A verdade está começando a brilhar. O mundo precisa despertar para os crimes cometidos contra nossos filhos por aqueles que estão no poder. As crianças devem ser salvas.” 

Veja o vídeo: 

https://www.facebook.com/watch/?v=7147883528561807


MAIS SOBRE SOUND OF FREEDOM


Jim Caviziel de perfil com parte do rosto oculto, em um fundo preto e no meio da imagem uma janela com luz com a silhueta de menina.

Sound of Freedom foi dirigido por Alejandro Monteverde e produzido por Eduardo Verástegui, que conheceu Ballard e se sentiu chamado a fazer o filme para aumentar a conscientização sobre a indústria do tráfico sexual. 

Verástegui, que começou sua carreira como modelo, diz ter respondido a um chamado quando se tornou cristão. Foi quando diz ter entendido que não havia nascido para ser um ator ou qualquer outra coisa, mas para conhecer, amar e servir Jesus Cristo.

Diante disso, resolveu vender todos os seus bens, e decidiu ir para o Brasil, trabalhar como um missionário na Floresta Amazônica. Foi quando o padre Juan Rivas, o fez  ver que se ele queria realmente fazer a diferença, deveria é ficar em Hollywood, porque Cristo era ainda mais necessário ali, do que na selva. 

Assim, Eduardo Verastegui criou com Leo Severino, a produtora Metanoia Filmes para fazer filmes a serviço da esperança e da dignidade humana.

A história de Eduardo Verastegui entra em rota de colisão com o tema,  quando conheceu Ballard e se sentiu chamado a fazer o filme para aumentar a conscientização sobre a indústria do tráfico sexual. 

Como disse no começo, o lançamento de Sound of Freedom está previsto para 4 de julho, Dia da Independência dos Estados Unidos. Isso depois depois de vários percalços e intervenções que visavam não só adiar como sabotar , que o filme viesse às telas.

Sound of Freedom é um filme que desponta fora dos estúdios de Hollywood, pois de certa forma, ao falar sobre o tráfico sexual de crianças, atinge em cheio a podridão que assola o meio. Não só artistas, como diretores e muito mais, são em sua maioria pedófilos clientes da exploração do tráfico dessas crianças, além de as utilizarem para ter a “milagrosa” droga do rejuvenescimento: o Adrenocromo.

Tanto que o filme tem sua distribuição pelo Angel Studio, o mesmo da série The Chosen, que conta a vida de Jesus Cristo e seus apóstolos pela visão do diretor Dallas Jenkins.

Agora nos resta esperar o filme chegar aqui no Brasil para assisti-lo e ter mais uma fonte de informação, para entender como funciona essa realidade tão terrível que mexe com aquilo que temos de mais precioso: nossas crianças. 


FONTE: JIM CAVIEZEL







Nenhum comentário:

Postar um comentário

CAVALOS RAROS - PARTE 03

  CAVALO FRIESIAN O cavalo friesian, também chamado de frísio ou frisão, provavelmente uma das raças mais populares e apreciadas do mundo, é...