sábado, 27 de maio de 2023

UMA EXPLANAÇÃO SOBRE AS 21 ETERNIDADES - Parte 1

 


Tentaremos aqui neste tópico repassar uma compreensão para melhor ilustração e compreensão sobre as 21 Eternidades transmitida pelo RACIONAL SUPERIOR na sua obra inédita UNIVERSO EM DESENCANTO.

A partir de agora vamos fazer uma viagem fantástica sobre a GÊNESE DA CRIAÇÃO desse Universo em 21 degraus e você internauta faça de conta que não conhece nada do que existe neste mundo e faça de conta que este mundo é nada, faça de conta internauta que não existe nada nem o Sol, nem a Lua, nem as estrelas nem água, nem a terra e nem os animais e nem os vegetais e vamos agora a partir deste nada, criar os Sete Reinos e vamos através de uma sequência de posts conhecer a GENÊSE da Criação do Universo em 21 degraus chamados de Eternidades compilado da OBRA UNIVERSO EM DESENCANTO ditado pelo RACIONAL SUPERIOR.

1ª ETERNIDADE:: Na primeira eternidade começaram os Habitantes do mundo Racional entrando por uma parte da Planície Racional que não estava pronta para entrar em progresso desses Habitantes devido a frequência da pureza ser um outro grau, e esses Habitantes fazendo uso da liberdade entraram por conta própria. 

Por a vontade ser livre embora o Racional Superior diga que a vontade é do deformado, Ele usou a expressão para o melhor entendimento. Hoje o leitor da obra UNIVERSO EM DESENCANTO que está mais adiantado no estudo sabe em verdade o Puro é o Verdadeiro Dono da Liberdade por a Liberdade ser uma Razão Suprema. E fazendo uso dessa liberdade como tinha até hoje limitadamente tem direito, achou por bem não atender ao chamado de advertências do Racional Superior e persistir no progresso, visando aprontar aquela parte do mundo Racional que ainda não estava pronta para entrar em progresso. Podiam transitar mas não progredir.

Pois só no transitar nada acontecia devido a liberdade ser um imperativo da Natureza Divina Racional. E assim começaram a gostar do passeio como até hoje gostam de passear justificando o antes do ser, pois achavam que tudo ia muito bem por só conhecer o bem e a pureza. E por que o Racional Superior chamou a atenção desses habitantes, alertando para que não progredissem naquela parte, se tudo ia tão bem, se podiam transitar e nada acontecia, se eles estavam gostando, se achavam que tudo ia bem por ser também pura esta parte do mundo Racional ??? 

No 1º volume da obra UNIVERSO EM DESENCANTO o Racional Superior diz que eles sabiam que aquele progresso não era conveniente devido o grau da pureza entre os habitantes e a parte da Planície Racional não serem da mesma frequência e que ela estava na sua apuração de perfeição para o progresso por isso que só o transitar nada acontecia.

Portanto pela Onisciência do Racional Superior que também sabia foi então que Ele chamou a atenção várias vezes... numa das vezes eles deixaram de atender o chamado de atenção do Racional Superior, e por que fizeram isso ???

Pelo seu Livre Arbítrio e desconhecimento das consequências que teria esta parte da Planície Racional, e os seres que teimaram em progredir sobre ele transbordaram e assim sendo, o Racional Superior para nossa compreenção afirma que abusaram da livre espontânea vontade no progredirem por conta própria ou seja, abusaram do Livre Arbítrio.

Então progredindo assim livremente por conta própria sobre a Planície Racional entraram na: 

2ª ETERNIDADE:: O resultado desse progresso na Segunda Eternidade foi seus Corpos de Massa Cósmica, Virtudes puras limpas e perfeitas de Energia Racional, ao progredir ou seja, desenvolver e evoluir e adentrar na Massa Cósmica de Energia Racional daquela parte que ainda não estava pronta para o progresso deles, provocou um deslocamento dessa mesma parte como se fosse um curto de energia. 

O processo de apuração da frequência de pureza desta Planície Racional que possui um movimento evolutivo de pureza e uma velocidade de perfeição por ser limpa, foi interceptado pelo progresso desses Habitantes sobre ela, resultando assim uma perda de energia e esses Racionais começaram a perder suas virtudes puras, limpas e perfeitas. Como virtudes são vidas que se transformam em outras vidas, assim gerando vidas e progredindo vidas e essas vidas perdidas ficaram na imensidão cósmica até que com o tempo começaram a se reunir formando um foco de luz fosca prateado, ficou um Corpo de Massa Cósmica embora que não tivesse a transparência cristalina da energia Racional, embora fosse fosco ainda assim a sua consistência era de massa prateada, ali estavam as vidas que os Racionais perderam. 

Ainda como resultado também a energia Racional da Planície Racional começou a se transformar e a perder as mesmas características entrando em processo de transformação até resultar na materialização, na criação da matéria. Quando o plano Racional é um plano de energia pura, limpa, perfeita e translúcida cristalina e não poderia existir compatibilidade com a matéria que começava a se formar na Planície Resina e Goma. 

Por essa incompatibilidade, a Planície dispreendeu-se do Mundo Racional e empreendeu uma rota espiralada, que em seu rastro foi deixando o sinal de sua passagem. Como o Racional Superior diz; que a Pureza da Energia Racional possui nível de Grandeza, citando inclusive que o mundo Racional é de origem de outros Mundos de Energia Racional, cuja Pureza está em nível de Pureza Real, podemos entender melhor o porque duas Energias Racionais pura, limpa e perfeita tinha uma que não estava pronta para entrar em progresso.

É certo que a pureza tem Nivel e Grau, e que vale dizer que não estar pronta para entrar em progresso significa dizer que a Pureza daquela energia Racional ainda não tinha atingindo o grau e o nível de pureza e grandeza REAL para tornar tudo compatível para o progresso. 

Vemos também que o resultado desse progresso foi a paralização de uns tantos Habitantes que não desejando mais persistir no progresso, paralisaram, embora tivessem perdido poucas virtudes, não puderam voltar ao mundo Racional porque também se deformaram do estado puro, limpo e perfeito e Racionalmente se tornaram incompatíveis com pureza do mundo Racional. 

Por essa razão e por ter perdido virtudes para o foco de Luz, esses Habitantes hoje denominados DIVINDADES do ASTRAL SUPERIOR, não podendo retornar acompanharam a descida da Planície Racional em transformação pelo fato de terem paralisado, receberam do Racional Superior a missão de serem os Administradores da deformação Racional e do conhecimento, por isso foi criado o CAMPO de ENERGIA MEDIADORA RACIONAL, mediando entre o mundo Racional e o mundo completamente deformado da matéria. Esta paralização desses Habitantes que formaram esse CAMPO MEDIADOR CONSCIENTE RACIONAL ocorre entre a passagem da segunda eternidade para a terceira eternidade. 

3ª ETERNIDADE:: Nesse terceiro degrau observamos que o Racional Superior cita:

"Já no fim da extinção daqueles Corpos." Isso equivale dizer que os Habitantes do mundo Racional ao chegarem no fim do Terceiro degrau, também seus corpos já estarão no fim da extinção, praticamente extintos. 

Mais na frente o Racional Superior referindo-se aos Habitantes do ASTRAL INFERIOR, os invisíveis, diz: " São uns tantos que não se deformaram de todo." Tendo paralisado seu progresso numa parte da Planície Racional; então isso nos faz refletir que esses Habitantes não atravessaram o marco do 3º degrau pois se tivessem atravessado teriam ido a extinção em cima do início da formação da água e terra como aconteceu conosco, pois nós continuamos até a total extinção.

Quando a extinção ocorrida com nós vale lembrar que lá adiante no 7º degrau, na formação da Luz, o Racional Superior ainda fala de uns restos de corpos Racionais que ainda estavam sobre a Planície e vale também lembrar que nesta época já monstrões caminhavam por entre as cinzas da resina endurecidas e torradas. Isso é para que se reflita que no passar das eternidades as transformações se definem na lentidão do findar das primitivas vidas para o iniciar das novas vidas. 

Finalmente a Nova Natureza em gestação atravessa do 3º degrau para o 4º degrau, e nesse surge a grande novidade Cósmica. 


4ª ETERNIDADE:: Diz o Racional Superior:" Neste Degrau"DUROU UMA LONGA ETERNIDADE PARA A FORMAÇÃO DOS CORPOS." Do corpo extinto na Planície, perdidas todas as virtudes, fica a forma no chão. Que no princípio este chão era Goma e Resina. Que forma é esta? O Racional Superior refere-se a esta forma com o nome de EDIOGROMA. Que traduzimos para DIAGRAMA. Diagrama do Corpo do Habitante do mundo Racional.

Sabemos que a goma incubada na cinza começa a engrossar, surgindo daí uma masssa mole e branca, pastosa, e com o tempo começa apodrecer, mofando, e do mofo apodrecido pela incubação resulta em microvírus poderosos, são os poderosos microvirus da energia magnética que se liberta das massas virulentas, no transcorrer das eternidades, com o aumento da deformação, esses microvirus ou micro vidas, tomariam conta de toda a Galáxia Térrea trazendo consigo a Energia Elétrica. O 4º degrau é portanto, o marco do ressurgimento dos Habitantes do mundo Racional, porém, materializados em forma de monstrinhos cegos, surdos e mudos. 

Como pôde, um Ser tão puro, limpo e perfeito dar causa a um ser tão monstruoso?

Que na deformação de suas virtudes que são vidas, que se transformaram do seu estado natural deram causa a vida ORGÂNICA. Sim, porque a vida não era orgânica, não era de matéria, era de Energia pura, limpa e perfeita, com a deformação e transformação da Energia em matéria, o EDIOGROMA ou DIAGRAMA ou fôrma do Corpo recebe no 4º degrau uma gestação por meio de INCUBAÇÃO, quando a Goma penetra na Cinza; ocorre que os elementos que preenchem esta fôrma incubada são as massas virulentas, formadas por Goma e Cinzas, pela ação do foco de Luz. 

E daí, não podemos esquecer que o SOL é o resultado das Virtudes perdidas dos Racionais que foram a extinção; cujos os Corpos ficaram como fôrma em cima do primitivo chão. Nem podemos esquecer o que extinguiu em cima do primitivo chão foi a energia Racional dos Racionais puros, limpos e perfeitos, e toda energia tem força de Geração e Criação, e essa energia Racional formou e Gerou a Máquina do Raciocínio. 

Por que meio de processo foi essa geração e Criação? Pelo processo GENÉTICO MOLECULAR; que é de difícil compreensão, por se tratar de uma ENGENHARIA CÓSMICA, acionada por Fluídos. Que deste os primitivos Corpos até hoje vem em transformação. Equivale dizer que a GÊNESE PRIMITIVA , bem como a gestação atual do corpo humano conserva uma interação, uma integração cósmica, a bem dizer, que não é apenas o sêmen e o óvulo que geram um corpo humano, é preciso bem mais, é preciso que toda a Máquina Celeste e Material interagindo para a formação de mais um corpo. 

E no 4ª degrau as engrenagens desse relógio tinham apenas três partes: Foco, Goma e Resina. Interagindo no EDIOGROMA, os vírus que se codificam na ciencia Biologica, na Ciência Genética e Ciência Química, com infinidades de nomes que vai deste a partícula Atômica de protons, elétrons e neutrons, moléculas, DNA, GENS, DNA, cromossomos e células que vai resultar no sêmen, a semente da vida. Portanto interagindo no EDIOGROMA essas engrenagens fluídicas, gestaram em cima dos códigos genéticos da origem, códigos esses constantes no EDIOGRAMA, a formação e o desenvolvimento do corpo orgânico animal, o desenvolvimento primitivo e desenvolvimento atuais. 

E vale lembrar ques esse código genético, foi se manifestando nos corpo orgânicos a medida que a deformação das virtudes criavam uma a uma as Sete Partes, até resultar nisso, no que hoje são. Sim. Nunca esquecer que os viventes são adequados a Natureza que os fez. Se os viventes eram formados por uma Natureza de três partes; Foco, Goma e Resina, teriam que ser adequados a essa Natureza Primitiva. E a medida que a Natureza se transformasse, junto se transformaria o código genético dos viventes. 

Tudo sempre em transformação. Nessa transformação da Natureza Original da Planície Racional que já se encontrava num processo de GOMA e RESINA feito pelo foco de Luz, e que com o tempo transformou-se no SOL, as virtudes que foram perdidas dos Habitantes Racionais começaram a gerar propriedades de vida fluidicamente dentro do calor que era irradiado agindo como coadjuvador, acelerando mais e mais a transformação genética dos Habitantes do mundo Racional que já extinto tomando novas formas materializados. 

É bom analisarmos e compreendermos o termo que o Racional Superior usou para os primitivos Habitantes Racionais em forma de energia pura, limpa e perfeita, que se transformou em seres orgânicos ou materiais.

Diz o Racional Superior que esses Habitantes do mundo Racional chegaram a sua extinção.

O Significado real usado por Ele para essa palavra EX - TIN - ÇÃO; é diferente do entendimento deformado das pessoas, que na compreensão delas tudo que se extingue, some, desaparece, não sobra nada e não resta sequer nenhum efeito. Já no conhecimento de Cultura Racional o Racional Superior nos faz sabedores da Lei Natural de que nada se acaba e sim, tudo se transforma de um estado de vida para outra. 

Então porque Ele usou a palavra EXTINÇÃO para aqueles Habitantes do mundo Racional? ETIMOLOGIA LÓGICA: "EX" Sufixo que significa passado, preterido...."ÇÃO" Sufixo = AÇÃO que significa adoração(ação de adorar), exumação(ação de exumar do chão) enganação (ação de enganar) etc. Então Ele utilizou a palavra EXTINÇÃO para dizer que acabou a ação pura, limpa e perfeita da energia Racional, transformando-se pelo seu rebaixamento vibratório em outras pela Lei natural da transformação, mas, os efeitos continuam, como de fato aqui estamos nós seres humanos com o vínculo da origem como comprovação viva dessa continuidade. Pois extinguiu-se a forma pura, limpa e perfeita da AÇÃO RACIONAL, acabou a pureza, a limpeza e a perfeição dos primitivos Habitantes do mundo Racional. Mas o Corpo de Energia Racional que extinguiu-se em sua ação de PUREZA. 

Então acabou-se a forma de pureza, de limpeza e perfeição daqueles Habitantes do mundo Racional que progrediram sobre a Planície Racional. Portanto minha gente o Corpo de Energia Racional extinguiu-se a sua AÇÃO como puro, limpo e perfeito, mas o efeito da AÇÃO passada permaneceu agindo de formas diferentes, menos puras, menos limpas, menos perfeitas pelo seu rebaixamento vibratório até a deformação total. Se a palavra EXTINÇÃO traduzisse FIM na verdadeira acepção do termo, tudo então teria paralisado e encerrado no 3º degrau da GÊNESE e hoje não estaríamos aqui. 

O Racional Superior dá um novo significado às palavras que é um dos cursos desenvolvido e definido na Cultura Racional o NEOLOGISMO RACIONAL, e demonstrando assim de uma forma simples e natural, que cada termo empregado, tem uma razão de ser, porque na verdade, se hoje compararmos o Habitante do mundo Racional com o ser humano, só nos resta concluir: "FOI NA VERDADE O FIM MESMO!" E no entanto não foi.

Foi uma deformação ou seja, tomamos uma outra forma. Pois ainda resta no ser humano geneticamente o efeito desta origem Superior e nele permanece agindo, porém de uma forma completamente diferente, como se do Racional que fomos na origem hoje nada restasse, nada tivesse, de tão diferente que ficamos, completamente degenerados e deformados do verdadeiro estado natural. 

Foi por isso que esse 4º degrau foi o grande marco de novidade cósmica para o ressurgimento dos Habitantes do mundo Racional, ganhando essa nova estrutura corpórea pelo processo da transformação, mas conservando o vínculo da origem Divina o Raciocínio, o Dono da Vida por ser Eterno. Mas é importante perceber também que a partir da transformação dos Habitantes do mundo Racional e da Planície Racional, essas novas dimensões que foram criadas não foi tudo ao mesmo tempo e sim num espaço diferente. No primeiro degrau da Epi-Gênese a dimensão ainda era a DIMENSÃO RACIONAL, depois, as dimensões se sucederam de acordo o grau e a frequência que iam tomando de todas as coisas ou seres gestados naquela DIMENSÃO 

5ª ETERNIDADE:: Vocês devem terem observado que no 1º, 2º, 3º e 4 degraus chegamos a conclusão da formação do corpo material. E assim passamos para a 5ª Eternidade, e nesse 5º degrau vamos observar um grande progresso. Aqueles monstrinhos, cegos, mudos e surdos, já andavam por entre as cinzas da Planície, na verdade já não eram monstrinhos, eram monstrengos urrando e guinchando. Durante toda uma eternidade eles ficaram como monstrinhos cegos, surdos e mundos, agora transformados em monstrengos, enfrentariam toda uma outra eternidade, urrando e guinchando como se a vida não passasse daquilo mesmo. Vivendo eles agora a sua 2ª eternidade, enquanto a Planície vivia a sua 5ª eternidade. 


6ª ETERNIDADE:: Os Habitantes do mundo Racional já materializados passaram para a fase de monstros, soltando a voz cada vez mais vivendo eles a sua 3ª eternidade, iniciando assim a 6ª Eternidade da Planície Racional na formação desses monstros que começaram a soltar a voz e eram gagos.


7ª ETERNIDADE:: a Planície Racional ia descendo cada vez mais e sempre se transformando, e perdia as Virtudes da Goma e da Resina, e os restos de alguns Corpos Racionais que ainda existiam na Planície. 

E com o advento dessas Virtudes reunidas, gerou aí o princípio da formação da LUA. Já pela Planície passeavam os Habitantes do mundo Racional materializados como monstrões. Progrediram o principio de uma evolução que resultaria no primitivo desenvolvimento da gagueira. Com o advento da formação da LUA saíram eles da fase de monstros e passaram para fase de monstrões, vivendo eles a sua 4ª eternidade.


8ª ETERNIDADE:: independente da formação da LUA, a Planície Racional continuava perdendo as suas Virtudes, e esta continuava formando pequeninos corpos isolados uns dos outros. 

A diferença entre a formação da LUA e das Estrelas é que na formação das Estrelas não entrava os restos das Virtudes dos Corpos Racionais extintos na Planície. Já nada mais existia em extinção na Planície e sim tudo era a transformação. As Estrelas igualmente são formadas das Virtudes perdidas da Goma e da Resina uma eternidade depois da Lua. Éramos monstrondontes evoluindo a gagueira. 

Embora estivesse formada a Lua e as Estrelas, vale apena lembrar que a Lua somente começa a se divulgar na 13ª eternidade fazendo apenas um quarto. Que levou mais uma eternidade da 13ª para 14ª para completar os quatro quartos. Provocando o surgimento dos vegetais e atuando dramaticamente e mexendo com todos os feitos da Planície. Quanto as Estrelas, embora tenham principiado no 8º degrau, elas somente se divulgam na 18ª eternidade. 


9ª ETERNIDADE:: vamos observar que com a chegada da formação da Lua e das Estrelas os Habitantes começaram a ganhar o aspecto de selvagens. Viviam eles a sua 6ª eternidade como monstros já se transformando em selvagens. 


10ª ETERNIDADE:: a Planície Racional continuava descrevendo no Cosmo a sua macro espiral, deixando a traz de si a Mecânica Racional e a Mecânica Celeste, sendo esta em contínua transformação, uma vez que para trás ao longo da 3ª eternidade ficaram os Viventes Planetários como Marte, Vênus, Mercúrio, Júpiter, Saturno, Vulcano, Urano, Netuno, Plutão e muitos outros. 

Quanto aos Habitantes do Mundo Racional viviam eles na sua 7ª eternidade. Cada vez menos monstros, cada vez mais com o aspecto selvagem. Já com um vago entendimento.


Continua na próxima postagem:

UMA EXPLANAÇÃO SOBRE AS 21 ETERNIDADES - Parte 2 

Fonte: Porfirio J. Neves


O RACIOCÍNIO UNE, O PENSAMENTO DIVIDE!!

RACIOCINAR SEMPRE!! PENSAR, NUNCA!


SE ESTA MENSAGEM LHE TROUXE BENEFÍCIOS, COMPARTILHE COM SEUS CONTATOS, COM CERTEZA ELA VAI ALCANÇAR QUEM MAIS PRECISA. 


ESTE CONHECIMENTO É PARA TODOS! 

POR FAVOR DIVULGUE, POIS TODOS PRECISAM SABER.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

TRANSCOMUNICAÇÃO INSTRUMENTAL

  TRANSCOMUNICAÇÃO INSTRUMENTAL: A JANELA COM O MUNDO DOS ESPIRITOS A transcomunicação instrumental ou TCI, é uma fascinante área de estudo ...